The Sims 4

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4

Entenda por que o desenvolvimento do The Sims 4 foi tão diferente do The Sims 3 e The Sims 2.

Um dos maiores problemas do The Sims 4, principalmente na época de seu lançamento em 2014, era a sua falta de recursos essenciais, e que existiam em versões anteriores do jogo, como o The Sims 3 e The Sims 2. A ausência de bebês, piscinas, e uma série de outras coisas mexeu muito com a comunidade, que passou a considerar que o jogo havia sido lançado de forma beta, ou inacabada.

O fato é que, ao contrário do The Sims 3 e The Sims 2, o desenvolvimento do The Sims 4 sofreu com muitos problemas que afetaram diretamente a forma como o jogo era criado, o que justifica a ausência de tantas coisas importantes no jogo quando finalmente saiu para o público.

Hoje, nós iremos falar sobre o desenvolvimento conturbado do The Sims 4 e todas as decisões que foram tomadas pelos executivos da EA, e que levaram o The Sims 4 a ser disponibilizado no estado em que conhecemos na época de seu lançamento.

O texto foi publicado pelo SimsVIP, que autorizou o SimsTime a publicá-lo em português.

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4

Texto assinado pelo SimsVIP.

Tudo o que é apresentado neste artigo em específico foi escrito com a perspectiva do consumidor. Não conhecemos cada pequena decisão ou escolha feita pela Equipe The Sims ou da EA.

O The Sims 4 = Jogo Online

Isso provavelmente já é algo conhecido, mas queríamos esclarecer mais uma vez. O The Sims 4 foi planejado para ser um jogo online desde o início. Este é um fato indiscutível. O The Sims Olympus ou (Icarus) é o The Sims 4. Eles são a mesma coisa, tanto quanto várias declarações da EA em que afirmam que é um “jogo diferente”.

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4Sim, os jogos mudam durante o desenvolvimento, mas ainda há muitos códigos que fazem referência a um jogo multijogador na versão final do The Sims 4. Se o jogo que temos agora fosse tão diferente da versão multijogador original, esse não seria o caso.

Além disso, quase toda a arte dos protótipos “Olympus” foi para o jogo final. Muitas animações, cabelos, roupas e adereços estão todos no jogo base.

Em 2013, pouco mais de um ano antes de seu eventual lançamento, o The Sims 4 deixou de ser um jogo social online para ser o que é hoje. Mais sobre isso abaixo.

A Raiz do Problema

Em julho de 2011, o então presidente da EA, John Riccitiello, afirmou que a companhia se afastaria de jogos 3D mais sofisticados e experiências maiores em favor de se focar em jogos sociais e plataformas online.

Além disso, em setembro de 2012, o presidente da EA Labels, Frank Gibeau, disse o seguinte:

“Eu não dei sinal verde para um jogo ser desenvolvido como uma experiência para um jogador. Hoje, todos os nossos jogos incluem aplicativos online e serviços digitais que os tornam ao vivo 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.”

Essas decisões desempenharam um papel importante no desenvolvimento do The Sims 4 como um jogo social online de baixo orçamento.

Riccitiello finalmente deixou o cargo de presidente da EA em 2013 depois que o lançamento do SimCity falhou, mas o estrago estava feito. O The Sims 4 teve pouco tempo para voltar a ser um jogo para um jogador. Abordaremos isso com mais detalhes abaixo.



Cronograma de Desenvolvimento

O desenvolvimento do The Sims 4 começa com uma pequena equipe fazendo protótipos de arte. Desde o início, o estilo de arte foi criado para ser mais estilizado, com um orçamento gráfico incrivelmente baixo, ótimo para jogos online de plataforma cruzada e baixos requisitos de sistema que está planejado para ser.

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4

Agosto de 2012

Agora, mais de dois anos depois, a equipe do The Sims 4 se expandiu consideravelmente, com vários produtores saindo do The Sims 3.

Um protótipo funcional completo do jogo foi desenvolvido até agora, com muitos modelos de personagens acabados, móveis e animações – coisas que veríamos no jogo final lançado. No entanto, os gráficos ainda são de muita baixa qualidade, dentro do objetivo de um jogo online multiplataforma.

A prototipagem da interface online, incluindo mensagens de bate-papo, também está em andamento.

Neste estágio, os sims em si não são personalizáveis. Modelos de protótipos construídos do zero em vários estilos foram criados e, eventualmente, divididos em peças CAS funcionais que temos hoje.



Final de 2012 / Início de 2013

Os protótipos do Criar um Sim, o menu principal e o modo construção começam.

Vídeo cortesia do Sims Community

Março de 2013

SimCity é lançado sob o conceito de jogo social online de Riccitielo e os resultados são desastrosos. É um pesadelo de relações públicas. Os fãs estão com raiva, os servidores estão travando, e o reembolsoeé exigido.



Outono de 2013

Uma campanha de marketing para um The Sims 4 Online é completa.



Maio de 2013

O The Sims 4 é anunciado oficialmente como um jogo offline, sem imagens, vídeos ou material promocional, exceto por um logotipo e fotos dos olhos dos Sims. Isso não foi um erro. Quase toda a campanha promocional foi jogada fora junto com a jogabilidade online. Naquela época, essa campanha de marketing mínima era considerada misteriosa e secreta, mas o retrospecto é 20 / 20. Eles tinham muito pouco do jogo para nos mostrar, pois grande parte dele foi descartado.

Por volta dessa época, também foi divulgado que o jogo estava programado para uma data de lançamento em março de 2014. Esta é provavelmente a data original em que o jogo estaria programado para ser lançado antes do pivô para os jogos offline.

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4

2013 Desconhecido

Não sabemos exatamente quando isso aconteceu, mas em algum momento de 2013, o The Sims 4 mudou seu mecanismo de jogo e deixou de ser online. Como o jogo agora é para um jogador, a equipe tem mais liberdade para os gráficos de alta qualidade que conhecemos e que o jogo possui hoje. Essas informações são obtidas do site do então Diretor de Arte do The Sims 4, Chi Chan, que desde então retirou seu site do ar.

Também houve argumentos para tornar o estilo de arte mais fotorrealista nessa época.

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4



Lançamento em 2014 na Primavera

Manteremos esta seção curta. Você sabe como essa história terminou. O The Sims 4 foi lançado com uma fração dos conteúdos básicos que existiam nas versões anteriores da franquia. Após o fracasso do SimCity e a mudança da empresa longe do imperativo do jogo social, o The Sims 4 teve pouco tempo para se reconstruir como um jogo para um jogador, com menos de 6 meses extras de desenvolvimento sendo permitidos (atraso de março a setembro de 2014).

Questões do Estúdio

E outra vez, membros da Equipe The Sims e EA Geral têm tentado minimizar os problemas com o desenvolvimento do The Sims 4 ou fornecer desculpas para os conteúdos faltando. Muitas dessas afirmações são comprovadamente falsas.

Reinvindicação 1: “É apenas arte conceitual”

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4Quando surgem as antigas artes do jogo de 2012, os SimGurus são rápidos em descartá-las como “arte conceitual antiga”. Quando o SimsVIP descobriu fotos antigas do desenvolvimento, foi alegado que as imagens não refletiam o jogo, embora os sims representados usassem claramente os recursos do Criar um Sim que estão no jogo final agora. Este é apenas um exemplo de muitos semelhantes feitos por membros da Equipe The Sims.

Reinvindicação 2: “Os principais recursos consumiram muito tempo”

Antes do lançamento, muitos simmers ficaram indignados com os recursos ausentes, principalmente bebês e piscinas, entre dezenas de outras peças de conteúdo ausente.

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4

Em uma publicação de Rachel Franklin, a então produtora do jogo, a alegação era que esses recursos ausentes não chegaram ao jogo final devido ao desenvolvimento de conteúdo como emoções, e as versões mais elaboradas do Criar um Sim e Modo Construção.

Embora essa afirmação não seja exatamente falsa, ela é, na melhor das hipóteses, dúplice. Sim, o The Sims 4 foi construído do zero. Sim, muitos dos principais recursos são grandes melhorias em relação aos jogos anteriores. Em muitos aspectos, o The Sims 4 é um jogo básico de configuração robusta, com planos de design claros para suportar toneladas de conteúdo que foram adicionados ao longo dos anos.



Mas esta não é toda a história, nem de longe. É incrivelmente claro, não importa o quanto a EA negue, que muito do tempo de desenvolvimento do The Sims 4 foi gasto na criação de recursos online. Na verdade, pouco antes do lançamento do site oficial do The Sims 4, em agosto de 2013, uma versão diferente do site vazou, com conteúdo online e material promocional não utilizado ainda em destaque.

No canto superior direito da captura de tela, você pode ver ícones distintos para bate-papo, e-mail e uma lista de amigos.

Novamente, essas capturas de tela vazaram em agosto de 2013. Mesmo que o pivô para um jogo offline tenha começado por volta de maio, está claro que muitos dos recursos online ainda estavam presentes em compilações muito tardias do jogo, o que explica por que grande parte do código online está ainda no produto final lançado no varejo.

Mau Gerenciamento de Estúdio

Além das decisões de nível executivo que levaram ao desenvolvimento problemático do The Sims 4, também houve vislumbres de problemas no nível do estúdio, dentro da própria maxis, particularmente com os produtores do jogo.

De acordo com Jace Wallace, ex artista do jogo:

“A política do escritório em Redwood Shores é brutal. A Equipe The Sims 4 é completamente mal administrada.”

Wallace foi dispensado em uma demissão em massa da Equipe The Sims de Salt Lake City no início de 2014. Mais sobre isso abaixo.

De acordo com Patrick Kelly, designer de UI do The Sims 4, em 2013:

“O jogo está uma bagunça, o estúdio está uma bagunça e as pessoas estão tão frustradas que estão prestes a se revoltar.”

Esses comentários eram de anos atrás e podem não refletir a atmosfera do The Sims Studio hoje. No entanto, dá mais contexto sobre o motivo pelo qual o lançamento do jogo básico do The Sims 4 era tão problemático quanto era.

Talvez a cultura em Redwoos Shores (onde o The Sims Studio está localizado) tenha mudado desde então. Lyndsay Pearson, que está na Equipe The Sims desde os dias do The Sims 2, agora é a produtora principal. Os produtores responsáveis em 2012 e depois disso deixaram a Maxis e a Electronic Arts.



The Sims 4 Hoje

Por que tantos recursos ainda estão ausentes?

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4Embora os produtores tenham mudado ao longo da vida do The Sims 4, ainda há evidências de que nem tudo está bem no The Sims Studio, e isso é absolutamente um fator que contribui para os problemas com o The Sims 4 hoje. Recursos-chave como carros, recém-nascidos e ladrões ainda não estão no jogo seis anos depois, dolorosamente ausentes aos olhos da comunidade.

Além disso, os pacotes do The Sims 4 têm comprovadamente menos conteúdo do que os do The Sims 3. Por que? Demissões. O The Sims 3 tinha dois estúdios trabalhando no conteúdo ao mesmo tempo. EA Redwoos Shores, o estúdio principal; e EA Salt Lake City. Era normal obter 1-2 expansões da EA salt Lake City; e 1 expansão, um mundo e 2 coleções de objetos da EA Redwood Shores a cada ano.

A EA Salt Lake City iniciou uma reestruturação em janeiro de 2014. A maioria dos funcionários do The Sims foi demitida completamente, deixando o The Sims 4 com apenas 1 estúdio para fazer o conteúdo pós-lançamento. Em 2018, ainda mais demissões ocorreram, desta vez em Redwood Shores, tornando o único The Sims Studio restante ainda menor do que era antes. A EA Salt Lake City foi totalmente fechada em 2017.

Com um único estúdio com uma fração do tamanho que costumava ser e um orçamento menor, não é surpresa que os pacotes de conteúdo do The Sims 4 não tenham a amplitude de conteúdo que os jogadores costumavam esperar.

Mais Depoimentos

Na época das dispensas de 2018, um postador anônimo do Reddit fez mais comentários sobre o status da franquia The Sims. Embora o SimsVIP não possa verificar suas afirmações 100%, as informações fornecidas correspondem aos comentários feitos pelos SimGurus meses depois que a pessoa escreveu suas postagens.

“Costumava ser como uma grande família, onde todos trabalhavam no que amavam. Infelizmente, o estúdio perdeu o rumo nos últimos anos. Realmente parte meu coração….

Eles vão com certeza continuar bombeando pacotes medíocres enquanto puderem para o TS4.”

Este poster também fez comentários sobre as perspectivas para o The Sims 5 (ou a falta dela). Abordaremos esses comentários e outras informações que temos sobre o The Sims 5 em uma postagem futura. (SimsVIP).



Resumo da Publicação

Devido a um mandato de toda a empresa, o The Sims 4 foi desenvolvido como um jogo social online estilizado e com poucos gráficos, com lançamento planejado para março de 2014.

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4Após a reação negativa ao lançamento do SimCity em 2013 como um jogo online, o quase finalizado The Sims 4 teve que voltar a ser um jogo para um jogador com quase nenhum tempo sobrando.

Além disso, demissões, fechamento de estúdio, política de escritório ruim e má administração contribuíram para mais recursos ausentes no jogo base.

Esses fatores ainda afetam o desenvolvimento de conteúdo complementar para o The Sims 4 até hoje. Agora há apenas 1 estúdio, e é uma fração do tamanho que tinha durante o desenvolvimento dos pacotes de conteúdos do The Sims 3. Além disso, parece que o estúdio não tem planos imediatos para um The Sims 5.

Para Onde Vamos Daqui?

O Polêmico Desenvolvimento Conturbado do The Sims 4Estamos cientes de que essas informações não são, de forma alguma, boas notícias. Pode ser desanimador ver a luta da franquia The Sims. Muitos de nós somos fãs desta série há muito tempo e desejamos que tenha sucesso.

Nós aqui do SimsVIP não queremos ver todos tristes e pra baixo. Ainda hoje, muitas pessoas que trabalham na Maxis amam The Sims. Isso não é de forma alguma o fim da franquia, mas é importante saber o estado do jogo. Como nós, como comunidade, respondemos a essas informações depende de cada um de nós.

Obrigado por ler este artigo bastante longo. Se você gostou, adoraríamos produzir mais. Há mais informações por aí que adoraríamos abordar, incluindo jogos básicos cancelados, conteúdo retido do jogo básico para pacotes de expansão e uma assinatura mensal/micro-transações canceladas.

Agradecimentos Especiais

Nesta seção, gostaríamos de agradecer especialmente a alguns sites específicos por seus excelentes relatórios e pesquisas que nos ajudaram a fazer este artigo.

– BeyondSims
– Honeywell’s Sims 4 News Blog
– Sims Community
– The Sims Wiki

Este artigo foi publicado originalmente pelo SimsVIP.

Fonte
SimsVIP

SimsTime

Como editor do SimsTime, o meu trabalho por aqui é trazer diariamente notícias, novidades e informações relacionadas ao mundo Simmer, mantendo todos sempre bem informados!

2 Comentários

  1. É triste ver essa situação, não chega nada inovador e coisas simples como escadas em caracol e elevadores para as casas não chegam. No console os preços são absurdos e a qualidade é questionável com o jogo apresentando muita lentidão e bugs

  2. Não podemos culpar apenas os produtos pelos pacotes de expansão com cada vez menos qualidade, porque depois desse artigo é nítido que a equipe está bem reduzida. A EA é um saco mesmo né… se The Sims não for a franquia mais lucrativa da EA é uma das mais e essa empresa só sabe fazer cortes e fechamentos. Triste demais :/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo