ArtigosArtigos ExternosThe SimsThe Sims 4

Por Que a EA Deveria PARAR de Lançar Expansões para o The Sims

O modelo atual de Pacotes de Expansões do The Sims está defasado, mas há outras maneiras da EA abordar novos conteúdos melhores para os Simmers.

O cbr.com fez uma matéria bastante interessante sobre as razões pelas quais a EA deveria parar de produzir Pacotes e Expansões para o The Sims, modelo de negócios adotado desde o primeiro jogo da franquia, e adotar uma nova estratégia.
As motivações por trás de um novo sistema de lançamentos de conteúdos, de acordo com artigo, daria maiores possibilidades de inovação ao The Sims, além de maior liberdade de escolha aos jogadores. Confira!

Por Que a EA Deveria PARAR de Lançar Expansões para o The Sims

A hora do The Sims mudar o seu rumo é agora. A era The Sims 4 apenas aumentou a quantidade de DLCS disponíveis com a introdução dos chamados Pacotes de Jogo. Estes, juntos com os Pacotes de Expansão completos e Coleções de Objetos, possuem variados níveis de conteúdo, o que força os jogadores a considerarem quais valem o preço. Em contrapartida, o jogo base foi bastante reduzido no lançamento, faltando elementos básicos da série, como piscinas, bebês e porões.

Os desenvolvedores do The Sims precisam voltar a produzir jogos básicos que incorporem os conteúdos incluídos nas expansões do jogo anterior. Em vez de bloquear locais de trabalho visitáveis em uma expansão de R$ 159,00 cada, a equipe deveria criar um novo trabalho para garantir o avanço do jogo. O modelo de Pacotes de Expansão limita a capacidade da série em inovar e melhorar, já que a maioria dos recursos são adicionados apenas por meio de expansões.

Obviamente, a EA não vai parar de ganhar dinheiro com o The Sims, mas precisa substituir o modelo de Pacotes de Expansão por algo que permite aos desenvolvedores inovarem e introduzir novos conteúdos ao jogo. Isso é realmente comum nos jogos de hoje em dia na forma de atualizações de conteúdo por temporadas. Como os Pacotes de Expansão já fazem, as atualizações por temporada poderiam se concentrar em determinados temas. Por exemplo, uma temporada de “Vida Noturna” poderia apresentar conteúdos como vampiros, bandas e celebridades. Isso também permitiria aos jogadores escolher o conteúdo que desejam em seu jogo, uma vez que nem todos os Simmers querem as mesmas ao mesmo tempo.

No entanto, esses passes de temporada precisariam ser mais baratos do que um Pacote de Expansão normal. Isso poderia realmente funcionar em favor da EA, já que um ponto de preço mais baixo atrairia mais jogadores. A EA deveria tratar o The Sims como a Nintendo trata as DLCS do Super Smash Bros. Ultimate, onde o passe de temporada inclui tudo com desconto, mas os jogadores podem escolher comprar elementos individuais separadamente caso estejam interessados apenas em algumas das coisas.

Por Que o The Sims Deveria PARAR de Lançar Expansões

Por exemplo, a próxima expansão Diversão na Neve pode não agradar aos jogadores sem interesse em saírem de férias com seus Sims, mas a nova mecânica de Estilos de Vida e Sentimentos só está disponível no pacote. Isso significa que os jogadores interessados nas mudanças de jogabilidade terão que escolher entre comprar o pacote, ou perder esses recursos.

Em geral, não é ruim que determinado conteúdo seja adicionado em expansões em vez de fazer parte do jogo base. Enquanto coisas como empregos dinâmicos, apartamentos e grupos de amigos possam ser apropriados para um jogo básico, alguns Simmers talvez não tenham interesse em coisas sobrenaturais ou conteúdos de marca. Moldar o The Sims para experiências diferentes sempre foi um dos aspectos mais fortes do jogo,então é importante permitir que os jogadores possam optar com maior liberdade sobre coisas como viagens no tempo e vampiros.

Mudar para um modelo de passe de temporada para novos conteúdos resolveria muitas das preocupações dos fãs. Seria mais barato, embora ainda fornecesse novos conteúdos e permitiria que os fãs criassem suas próprias experiências. Esperançosamente, também encorajaria os desenvolvedores a tentarem novas coisas. As expansões do The Sims 4 mostraram que os desenvolvedores estão dispostos a irem para uma direção mais peculiar com o tipo de coisas que adicionam ao jogo, então dar a eles essa liberdade de uma forma menos frustrante para os Simmers seria a melhor coisa para todos os envolvidos.

Fonte
cbr.com

SimsTime

Como editor do SimsTime, o meu trabalho por aqui é trazer diariamente notícias, novidades e informações relacionadas ao mundo Simmer, mantendo todos sempre bem informados!

4 Comentários

  1. Até hj não incluíram a opção de elevadores nas casas, as escadas são ridículas e ocupam mto espaço (exceto aquela de incêndio), não tem a possibilidade de fazer piscinas e paredes curvas e nem pias podem ser colocadas de forma livre.
    Antigamente a cada expansão meu interesse era sobretudo jogar os novos modos de jogo, mas hj em dia é td são superficial q não tem graça e acabo comprando pelos itens.

  2. Na minha opinião o The Sims deveria ser por assinatura. Com uma assinatura mensal de por exemplo, 20 reais por mês o jogador teria acesso a todas as expansões, pacotes e atualizações. Por um lado, eu teria que manter a assinatura para jogar, perdendo o acesso ao jogo caso não pagasse, mas por outro eu não pagaria mais de 3000 para ter acesso a todo o jogo.

  3. A internet hoje em dia ajuda muito com informação e leva
    as pessoas a lugares que elas nunca imaginaram, mas
    existem alguns artigos na internet que são pura perda de
    tempo. Posso dizer que seu artigo ajudou muito e também
    é extremamente útil. Obrigado pela informação e
    compartilhada no meu facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo